Cardápio Metal da Semana

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Saudações Metalsplashers!!!!
Nosso Cardápio Metal da Semana hoje presta uma homenagem a três albuns que ajudaram a por nosso país no mainstream do Rock mundial. Como sempre gostaria de deixar bem claro não se tratam das melhores bandas do nosso riquíssimo cenário, apenas alguns exemplos de deliciosos quitutes brasileiros.

A primeira não poderia deixar de ser outra se não o todo poderoso Sepultura!!!
Sendo uma das primeiras bandas do nosso underground a conquistar respeito e admiração dos headbangers estrangeiros, a escolha é até bastante obvia,né?
O disco em questão é o Arise, o preferido de onze entre dez fãs da banda.
Trazendo verdadeiros clássicos, pérolas do Rock nacional como “Arise”, “Innerself”, “Desperate Cry” além do clássico cover para “Orgasmatron” do Motörhead, este álbum foi um verdadeiro salto na carreira de uma banda que já a muito tempo era febre no Brasil e que já vinha conquistando fama e respeito no cenário internacional.
Com riffs simples e secos de Andreas (que mais tarde inspirariam TODAS AS BANDAS DE NEW METAL no inicio dos anos 2000), a voz de Max cada vez mais cavernosa, e a bateria de
Igor, cada vez mais tribal e primitiva, o álbum arrancou elogios de publico e crítica logo nas primeiras audições. Mais tarde abanda lançaria o excelente “Chaos A.D.”onde já se podia notar muitas influencias de musicas aborígines brasileiras, que ficam evidentes na faixa instrumental “Kaiowas”. O Resto é história, a banda se tornou um dos maiores nomes do metal nacional influenciou o nascimento de um novo estilo e infelizmente acabou de forma pífia e infantil. Uma pena.

Angra. Deusa do Fogo (ou se você preferir a Usina na ilha de mesmo nome), foi a inspiração para batizar o nome da mais importante banda brasileira do chamado Metal Melódico.
Graças ao álbum “Angel’s Cry”, a banda que contava com o já experiente Andre Matos nos vocais, Kiko Loureiro e Rafael Bittencourt nas guitarras, o também experiente Ricardo Confessori nas baquetas e Luis”Jesus”Mariutti no baixo, ajudou a parir aquele que é sem dúvida um dos mais populares subgêneros do Metal.
Não que ele seja melhor, nem muito menos pior que os outros, mas a enorme quantidade de bandas que seguem o estilo é inegável.
Musicas como “Time”, “Streets of Tommorrow”, “Evil Warning”, “Never Understand” e o clássico máximo do Metal Melódico nacional “Carry On” ajudaram a banda a entrar, estrondosamente pelas portas da frente, para o Panteão dos Deuses do Metal Mundial.
Referencia absoluta quando se fala de Rock no Brasil e no mundo a banda merece muito respeito por sua importância inegável para nossa historia musical.

E como é impossível que o passado tenha importância se não tiver reflexos no dias de hoje termino nosso menu da semana com aquela que sem duvida nenhuma é uma das maiores potencias nacionais dos últimos anos: o Torture Squad é claro!!!
Depois de pastarem anos nas mãos de gravadoras e empresários inescrupulosos eles finalmente estão conquistando o respeito e a admiração do publico estrangeiro, só agora a “gringada” está tendo a oportunidade de conhecer melhor o trabalho dessa bandaça que há muitos anos já tem um publico fidelíssimo no Brasil, principalmente no Nordeste onde o é ainda mais fanático por Metal.
Seu novo disco “Hellbound” é simplesmente um primor!!! Gravação perfeita, letras fantásticas, um encarte de encher os olhos e uma banda inspiradíssima puseram os paulistas no topo das listas no mundo inteiro, e olha que eles estão apenas na primeira parte da nova turnê.
Eu admito que quando ouvi o “Pandemoniun” pela primeira vez achei que seria bem difícil para banda se superar.
Quebrei a cara deliciosamente.
Ao ouvir musicas como “Living For The Kill”, The Fall of Man”, “Chaos Corporation”, “The Beast Within”, as duas ultimas já fazendo parte das ultimas turnês do “Pandemoniun”, foram a gota que fez o copo transbordar. Alem disso Vitor Rodrigues, Amílcar Cristofaro, Castor e o novo membro Augusto Lopes foram ainda mais longe e musicas como “Twilight for all Mankind” e “The Four Winds”, ambas com belíssimas passagens acústicas são a prova de grande evolução dos músicos.

Parabéns A TODOS vocês meus caros.
Obrigado Deus por nascer brasileiro!!!
Keep Rocking Friends!!! \m/
Vão Indo Que Eu Não Vou!!!

11 Metalsplashers:

Fabricio disse...

3 bons cds...Sepultura foi o primeiro deles que escutei e é classico!! ainda que prefira Beneath the remais e schizophrenia esse ae tb é foda e faz parte da trinca de ouro da banda!

Esse Angra é o melhor deles....mas dou mais importancia a outros cds e bandas nacionais classicas


Torture squad achei muito bom esse cd...deram uma renovada sem perder as caracteristicas da banda...mas o melhor pra mim é o the Unholy...

Fabricio disse...

e Inner self é do Beneath the remais e nao do Arise!!!

Carol Cruz disse...

Meu garotão arrasando como sempre no menu! =]
Sou suspeita pra falar das 3 bandas... Adoro!!!!
Só o "Hellbound" que ñ ouvi inteiro, mas pelo conjunto da obra tenho certeza que o CD tá perfeito!

Bjs!!!

PS:Ahhh, fotos já postadas no Flickr!!!!
http://www.flickr.com/metalsplash

Sergio disse...

Bem lembrado meu caro Fabricio
É que eu estava ouvindo o Beneath enquanto escrevia a coluna!!!

Sorry!!!

Giulliana disse...

Nhoooo =p

Seu cardapio é sempre maravilhoso, Sé ^_^


;*******

Thiago El Patron disse...

por isso que gosto desse minino hehehehehe

só metal que beleza!!!

as 3 bandas são do caralho e os cds também!

quero dar destaque ao do torture, PQP ESTÁ FUDIDO!!!! ISSO SIM É SOM!!!!! exatamente o que está vendendo la fora, o torture é o proximo sepultura, podem escrever isso!!!!


abraço galera!

Alê Rotten disse...

foi com o rise que conheci o sepultura, e esse cd concerteza mi marco cara!
agora fiquei ainda mais com vontade de escuta o novo do TORTURE SQUAD!!ABRAÇO!

Sandman disse...

somente uma coisa a dizer: Foda!

O último do Torture está animal, e a banda está no ápice. Com certeza vai marcar nosso cenário!

Priscila Magossi disse...

De todos os 15341213541 CD's que eu tenho do Angra aqui - incluindo singles, demos, etc, etc... - talvez o Angels Cry seja o meu predileto.

Deve ser pela magia que ele inspira (foi o primeiro CD de metal que eu comprei, rs, em 1997 - ai, ai, velhos e bons tempos..)

Sergio disse...

Muito Obrigado Giu!!!
Enquanto vc Loirão, quero ir na sua casa fazer um RAPÁ nessa sua coleção!!!
Rssrsrsrs

Jéssica disse...

os 3 cds sao otimos + meu voto tbm vai pro angra hehehe^^