Cardápio da Semana

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Saudações meus caros.
Mais uma semana que começa e junto mais um novo banquete com um pouco de há e houve de melhor no Rock mundial.
O Cardápio desta semana traz um pouco da história de Metal nacional e junto um agradável cheirinho de mofo (rsrsrs).
O ano era 1984, a ditadura já estava com seus dias contados, mas até então ninguém imaginava isso. Em São Paulo um pioneiro chamado Luiz Calanca resolveu dar o primeiro passo, e desafiou os canalhas de uniforme. Em Setembro daquele ano foi lançado o LP (algum de vocês sabe o que é isso?) SP METAL I. O primeiro e, por isso mesmo, mais importante disco da história do rock nacional.
Uma das bandas presente no disco foi o Salário Mínimo. Com seu Hard Rock vibrante, o Salário marcou sua presença no disco com muita classe, gravando aquele que na época era seu maior hit: Delírio Estelar. Mais tarde a banda viria a gravar seu primeiro disco, intitulado Beijo Fatal, e logo caiu no gosto da galera. Após um longo período sem gravar ou fazer shows o Salário Mínimo voltou com tudo, inclusive relançando o álbum Beijo Fatal com cinco faixas bônus, em elas a faixa Ela, que alem de ter dado origem ao mais recente vídeo clipe da banda também já virou clássico, é claro!!!
Outra banda presente no SP METAL I que infelizmente ando sumida, é o Vírus, do meu amigo irmão camarada Cássio Henrique.
Formada em 1982, durante muito tempo o Vírus ficou conhecido com “... a banda que toca Phanton Of The Opera do Iron” ou “... Mr. Crowley do Ozzy”, mas logo a banda provou que não era “só isso”, quando gravou duas faixas pro SP METAL I: Mathew Hopkins e Batalha no Setor Antares, a segunda em minha opinião um dos maiores hinos do Metal nacional. Aliás, não só em minha opinião, porque na época do lançamento do disco o Vírus foi considerado o “Melhor Grupo de Metal Nacional” numa enquête da extinta revista Metal (A Rock Brigade na época era apenas um fanzine). A exemplo do Salário, o Vírus também ensaia uma volta aos palcos, com certeza vai ser uma volta mais do que bem vinda.
Outro monstro sagrado do Metal nacional que esteve presente no SP METAL I foi o Avenger com as musicas Missão Metálica e Cidadão do Mundo. Assim como o Vírus o Avenger infelizmente não chegou a lançar nenhum material solo, porém recentemente a banda anunciou que pretende lançar um CD trazendo o registro ao vivo do show feito pela banda no extinto Lira Paulistana em 1984. Vale a pena esperar.
Pra falar desta próxima banda preciso respirar fundo pra não chorar, afinal de contas trate-se de umas das poucas bandas daquela época que conseguiu lançar não apenas um, mas dois discos solos. A banda em questão é o grande Centúrias. Portas Negras e Duas Rodas foram as contribuições do Centúrias para o disco. Tendo na sua formação o grande baterista Paulo Thomaz, (sim, o Paulão do Baranga) a banda registrou ainda dois discos: Última Noite e Ninja. Recheado de clássicos como “Não Pense, Não Fale”, “Rock na Cabeça”, “Inferno Fácil” alem da faixa título “Última Noite” tem uma pegada bem Hard com vocais a lá Rob Halford de Eduardo Camargo. Já o álbum Ninja a pancadaria é do começo ao fim. Tendo escalado César “Cachorrão” Zanelli( ex-Santuário) para os vocais, e os fundadores do Harppia Marcos Patriota( guitarra) e Ricardo Ravache (baixo) Paulão conseguiu uma das melhores formações do Metal nacional naquela época. “O disco é claro fez jus aos músicos, “Animal”, Guerra e Paz”, “Senhores da Razão” fazem parte deste discão.
Recentemente Luiz Calanca da Baratos e Afins relançou estes dois álbuns em formato CD duplo. Infelizmente, foi tiragem limitada, EU garanti o meu. Morram de inveja (nhénhénhénhé)
Bom galera infelizmente boa parte do material aqui descrito não pode ser achado na internet, talvez só com muita paciência. Mas valem pela sua importância no Metal nacional. Até quarta-feira com mais resenhas no “Guerreiros do Metal”
Abraços a Todos
Vai Indo Que Eu Não Vou!!!

5 Metalsplashers:

"Arteathrash" disse...

queremos clássicos!!!!!!! issaê!!!

Metalsplash disse...

E o cara ainda deixava de escrever!!!!!!!!

Foda, snehor, Sérgio!!!!!!!!!!

"Arteathrash" disse...

só me passe os textos antes para correção! rsrs

Sergio Leopoldo disse...

Sim senhora dona Elaine!!! ¬¬
Corrige isto : dnfjsngznsfnzaçfbfblkfnbzfnbzlkfnblzk
zlknzfknzflbç
zfjnbzlfbnzdfpb
zlkfnbzdfknbdfnb
Dica, é Russo e eu estou fazendo "elogius desrespeitosos" a senhora sua progenitora!!!
hahaahahaha
Bjunda

"Arteathrash" disse...

isso mesmo! elogie minha santa mãezinha! hehe

bjs, seu assassino do Português!